Conheça os melhores materiais para produzir arte com EPS Isopor®

Conheça os melhores materiais para produzir arte com EPS Isopor®

A qualidade e a praticidade dos materiais são fundamentais para o artesanato e todos os tipos de trabalhos manuais. Quem escolhe o poliestireno expandido sabe que o produto atende a ambos os requisitos. Flexível, fácil de manusear e resistente, esse material oferece diferentes possibilidades para quem trabalha com a criatividade e inspiração. Saiba o que não pode faltar na sua lista para produzir arte com EPS Isopor® com bom acabamento e sem preocupações!

Arte com EPS Isopor®: Dicas e cuidados importantes

Opções de poliestireno expandido

O primeiro passo para iniciar o seu trabalho de arte com EPS Isopor® é definir a opção certa do material, de acordo com a sua necessidade. Para isso, é importante considerar:

  • Formatos - Recortados (placas) ou moldados (moldes e estruturas, como bolo cenográfico e caixas). Cada um possui as próprias vantagens, e podem ser aplicados de diferentes formas. No caso do EPS moldado, o produto é fabricado em diversos tamanhos e modelos, o que poupa trabalho com corte e adequação, enquanto o recortado apresenta mais possibilidades e diferenciação para a sua obra.
  • Densidades – Apesar do EPS ser muito leve, 98% composto de ar, o material apresenta alta resistência a impactos, ao mofo e à umidade, garantindo durabilidade em suas aplicações. Agora, para contar com essas vantagens, é preciso avaliar a densidade adequada do produto, considerando as particularidades do seu trabalho. Para artesanato e decoração, por exemplo, o EPS Isopor® comum, encontrado nas papelarias, é capaz de atender com eficiência as suas necessidades. Já para estruturas maiores, que precisam sustentar mais peso, como em cenografia, por exemplo, é importante uma densidade diferenciada. Saiba mais em nosso artigo “Tipos de EPS Isopor®: Diferenças que você precisa conhecer”!

Para cortar

Na hora de trabalhar com a linha de recortados, pode surgir algumas dúvidas de como adaptar o material ao formato que você precisa, sem perder o acabamento profissional. Bom, o processo de cortar o EPS e uniformizar sua superfície é bem simples; o segredo está no instrumento utilizado. Serras, serrotes, fios quentes e estiletes são bons exemplos para garantir precisão aos resultados. Caso ache necessário, você também pode utilizar uma lixa para finalizar e aprimorar os acabamentos.

Para colar

Com todas as peças preparadas, o próximo passo é escolher os melhores materiais para estruturar o seu projeto. Justamente pela flexibilidade e leveza do poliestireno expandido, você pode utilizar praticamente qualquer tipo de cola, como a cola branca e bastão ou o spray adesivo. A cola quente também pode ser utilizada, desde que em baixa temperatura, para não danificar o EPS.

É preciso tomar cuidado apenas com produtos direcionados para outros tipos de material, como cola para metal ou madeira, já que podem conter elementos corrosivos ao plástico. Agora, apesar da flexibilidade, o mais indicado e assertivo para bons resultados em sua obra de arte com EPS Isopor® são as colas próprias para o poliestireno expandido.

Para revestir

O EPS é receptível e adaptável a diferentes tipos de tinta e substância. Agora, uma dica importante é aplicar uma camada de tinta à base de água antes de outros materiais, como tintas látex e acrílica. Para finalizações, as tintas em spray e canetas permanentes também são boas opções. Além disso, você pode utilizar qualquer tecido, glitter, adesivo ou papel para dar cor e vida para a sua criatividade e inspiração!

Tudo pronto para produzir sua arte com EPS Isopor®? Não deixe de compartilhar seus resultados com a gente! Se quiser saber mais sobre as propriedades do poliestireno expandido e como escolher as melhores opções desse material, entre em contato com um de nossos especialistas e tire suas dúvidas!



Leia Também