Conheça a história do EPS Isopor®


Prazer, EPS.

O EPS, material conhecido popularmente como Isopor® da marca Knauf Isopor®, foi descoberto em 1949, na Alemanha, por meio de experimentos, quais os químicos Fritz Stasny e Karl Buchholz conseguiram produzir um novo tipo de material.

A composição química surgiu de polímeros e monômeros de estireno, um tipo de hidrocarboneto líquido fabricado a partir do petróleo que, ao serem misturados a gases, levaram à sua expansão e deram formato ao famoso e útil POLIESTIRENO ou, se preferir, EPS. Antigamente, os gases usados nesse processo eram os CFCs (clorofluorcarbonetos), que são destruidores da camada de ozônio, mas hoje já foram substituídos pelo pentano, que não causa nenhum dano.

Ao passar do tempo, foi percebido que esse conjunto químico, incha e fica extremamente leve, o que possibilita mantê-lo em qualquer formato, tamanho e densidade, com a capacidade de bloquear a umidade e manter a temperatura interna. Quando em temperatura ambiente, o poliestireno é encontrado apenas em estado sólido.

Com isso, o EPS passou a ser utilizado na guarda costeira dos Estados Unidos, em seus barcos e também durante a Segunda Guerra Mundial. Ao se tornar popular, sua função foi ampliada e hoje é comprado para auxiliar os segmentos de: caixas, construção civil, embalagens, serviços de inovação, automobilística, alimentos e bebidas, etc.

Mas esse benefício só chegou ao Brasil por volta dos anos 60 e foi registrado como EPS Isopor® em 1998 pela Knauf Isopor®, após a indústria ter comprado a Basf Isopor®. Por esse motivo, o nome "ISOPOR®" passou a ser reconhecido nacionalmente como produtos de EPS.


Quer saber mais sobre a Knauf Isopor®?