3 de Agosto de 2016 |

EPS Isopor® é aliado na conservação de temperatura e no processo de transporte de medicamentos e vacinas

EPS Isopor® é aliado na conservação de temperatura e no processo de transporte de medicamentos e vacinas

As indústrias farmacêuticas contam com o EPS Isopor® para garantir um transporte eficiente dos medicamentos e vacinas

Para o segmento da saúde é fundamental o transporte seguro dos medicamentos e vacinas, com um acondicionamento que garanta a eficácia do tratamento ou da campanha de imunização. “Atualmente, se você não tiver uma embalagem que possa fazer uma manutenção térmica durante o transporte, você não consegue expedir”, explica o representante comercial da Knauf Isopor®, Cristiano Carvalho.

Todos os envios e transportes da indústria farmacêutica são realizados em caixas de EPS, com a temperatura adequada para conservar o produto durante o percurso. Normalmente os medicamentos aderem rapidamente a temperatura ambiente, desta forma, “se um produto sai de São Paulo e vai para o Rio de Janeiro, por exemplo, precisa manter os graus durante todo esse processo. O que proporciona essa eficácia é a caixa de EPS Isopor® e os gelos recicláveis que são colocados dentro delas”, conta Cristiano.

A manutenção térmica tem como objetivo avaliar como a temperatura do medicamento vai reagir internamente durante o transporte em relação ao clima externo. Em alguns casos, especialmente no transporte aéreo, se faz necessário o uso de um data logger, um aparelho que deve monitorar a temperatura e a umidade dentro das caixas de armazenagem para garantir o cumprimento das conformidades até o destino final.

A Knauf Isopor® é líder na linha Health. Hoje, são disponíveis caixas de 5, 12, 8 e 44 litros que foram desenvolvidas em um levantamento junto aos clientes da indústria farmacêutica, que resultou em embalagens de EPS Isopor® com parede dupla e melhor intensidade.

A temperatura interna das caixas knauf Isopor® para transporte seguem uma especificação de 2ºC a 25ºC. “O armazenamento dos medicamentos em caixa de EPS Isopor® serve para garantir que a temperatura não ultrapasse 25ºC e minimizar o impacto ao produto. O problema é ainda maior quando atinge uma temperatura inferior a 2ºC. As temperaturas mais frias são mais críticas, pois podem congelar o produto e assim ele perde suas características”, afirma a gerente de qualidade da Luft Healthcare, Leila Almeida Santos.

Quando uma indústria farmacêutica compra as caixas da Knauf Isopor®, são realizadas pesquisas que garantem até 120 horas de duração da temperatura necessária ao produto. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) exige que seja feita a qualificação de embalagem que comprove a performance esperada. Quem realiza esta qualificação é o laboratório farmacêutico, gerando relatórios de especificação de todas as características do produto, enquanto que a fiscalização é responsabilidade da vigilância estadual ou municipal, porém quem faz o teste de campo é o próprio cliente.



Leia Também