Como evitar mofo e umidade na parede?

Como evitar mofo e umidade na parede?

É comum que a maioria das construções apresentem machas pretas ou verdes nas paredes causadas pela umidade. Mas isso não precisa ser um problema: Existem formas simples e baratas que, além de combater a umidade na parede, também trazem outros benefícios para os ambientes da sua edificação.

O problema do mofo

A manifestação da umidade na parede pode fazer com que ambientes fiquem esteticamente desagradáveis e mais frios. Mas o problema vai além disso: Essas manchas na verdade são grandes concentrações de mofo, um tipo de fungo que pode ser extremamente prejudicial ao ser humano.

O mofo aparece a partir da junção de umidade e calor – dois fatores frequentemente presentes no clima da maior parte do Brasil. Além de desagradável, o mofo também pode causar infecções graves e piorar casos de asma, afetando especialmente grávidas, bebês e idosos.

Para combater esse contratempo e evitar esses problemas, basta evitar a presença de umidade na parede.

Solução para umidade

Existem algumas práticas simples que podem diminuir muito a umidade na parede da sua edificação.

No caso da umidade causada por infiltrações, é imprescindível que o vazamento ou rachadura seja solucionado. Feito isso, a umidade diminuirá consideravelmente e, com isso, o crescimento do mofo.

Quanto a umidade oriunda do solo, a solução é um tanto mais trabalhosa. É necessário que uma drenagem do terreno seja feita para que esse problema não volte a aparecer. O ideal é que as condições de umidade sejam verificadas antes da edificação ser iniciada.

Já no caso da umidade natural e da umidade causada por condensação, as soluções são um tanto simples, mas tratar desse problema constantemente pode ser frustrante. Por não uma ter uma origem que possa realmente ser eliminada, é necessária troca de desumidificadores a cada 2 ou 3 semanas.

Outros fatores que ajudam a reduzir a umidade na parede causada por essas razões são o aumento de ventilação do ambiente, a limpeza de telas de ar condicionado toda semana e o hábito manter móveis desencostados da parede.

Nesse caso, os materiais para construção com EPS Isopor® representam uma solução eficiente para, de uma vez por todas, remover a umidade na parede.

Tanto em placas que podem ser colocadas diretamente na parede com cola de contato quanto dentro da estrutura da construção, os painéis de EPS Isopor® não absorvem água e por isso, impedem todo tipo de umidade. Além disso, não proliferam fungos ou bactérias, eliminando completamente a possibilidade de mofo.

Esse material oferece ainda isolamento acústico e térmico, tornando o ambiente mais agradável e diminuindo o custo com climatização.

Soluções para o mofo já existente

Mesmo depois de eliminar ou reduzir a origem da umidade, o mofo existente pode continuar crescendo. Para resolver isso, recomenda-se a raspagem da tinta existente nos locais manchados e a lavagem das paredes com uma solução composta de 1L de água e 100mL de água sanitária. Depois desse processo a parede pode ser repintada.

Esse procedimento é efetivo também em azulejos, em conjunto com o uso de vinagre, que inibe o crescimento do mofo. Para evitar o crescimento, use preferencialmente materiais antibacterianos nas áreas afetadas e lembre-se: o sol é o principal inimigo de fungos e bactérias. Sempre que possível abra janelas e aproveite a luz do dia.

Se interessou pelas soluções em EPS Isopor®? Conheça mais sobre as vantagens dessa tecnologia.


Leia Também