Placas de EPS Isopor® na parede comprometem a resistência da obra?

Placas de EPS Isopor® na parede comprometem a resistência da obra?

Escolher os materiais certos é um dos processos mais importantes ao realizar uma obra. Os profissionais precisam garantir que a matéria-prima eleita ofereça a resistência e segurança necessárias, sem abrir mão do conforto do ambiente a ser criado. Será que o poliestireno expandido atende a ambos os quesitos? Afinal, é verdade que a aplicação do EPS Isopor® na parede compromete a estrutura da construção?

EPS Isopor® na parede: Flexibilidade x resistência

O EPS Isopor® (poliestireno expandido) é 98% composto de ar e apenas 2% de plástico. A composição do material garante leveza à obra e, por esse motivo, o uso de placas de EPS são uma verdadeira tendência entre profissionais da construção civil.

Ainda assim, muitos questionam se a resistência mecânica do EPS é suficiente para as exigências da construção civil. No entanto, a concepção de fragilidade do EPS Isopor® não passa de um mito!

O material é comumente associado ao mercado de embalagens, ou mesmo ao artesanato e aos trabalhos escolares. De fato, não há como negar que o EPS é flexível e adequado para uma série de aplicações domésticas e comerciais, porém, o que diferencia, são suas propriedades técnicas específicas e validadas para cada necessidade e exigência!

Assim, as peças voltadas para a construção civil apresentam densidades, dimensões e características específicas de acordo com o projeto.

Como funciona a instalação de EPS Isopor® na parede?

Existem duas maneiras de aplicar o material nas paredes de uma obra: a primeira é encaixar os blocos de poliestireno expandido de acordo com o desenho da planta, como se fossem peças de lego; já o outro jeito, é substituindo os tijolos tradicionais por painéis de EPS com grelhas aramadas.

Em ambos os procedimentos, podemos destacar inúmeras vantagens, incluindo: facilidade de aplicação, baixo custo de recursos e matérias-primas, além de rapidez no processo como um todo.

Vantagens do EPS para o usuário final

Até aqui, destacamos diferentes benefícios que o EPS pode oferecer aos profissionais da construção civil. No entanto, você sabe qual o impacto do uso dessa matéria-prima para o usuário final?

A aplicação de EPS Isopor® no ambiente garante maior conforto térmico e acústico, apresentando elevadas propriedades de isolamento. Para saber mais sobre essa solução, clique aqui e baixe o nosso guia do isolamento térmico com EPS!

O material também apresenta excelente acabamento, facilidade de limpeza e personalização conforme a arquitetura e o design de cada ambiente, valorizando a iluminação e a sensação de amplitude dos espaços. Além disso, o produto é composto por material retardante à chama, e, portanto, oferece mais segurança e proteção contra incêndios.

Vale ressaltar que o EPS Isopor® é um material que apenas previne a umidade e proliferação de microrganismos, ou seja, a aplicação em paredes onde já existe mofo não será efetiva. O ideal é que, antes do procedimento, o local seja devidamente limpo e a causa do problema seja sanada. Caso queira entender melhor sobre as soluções anti mofo da Knauf, clique aqui!

Construção civil: O segmento que mais consome EPS Isopor® no mundo

Além da aplicação do EPS Isopor® nas paredes, as vantagens do material são amplamente aproveitadas nos acabamentos das obras, compondo desde as telhas térmicas, lajes, sancas e molduras, até o forro e contrapiso.

O produto é 100% reciclável, um grande diferencial atualmente, já que as questões ambientais são cada vez mais cobradas e levadas em consideração. Para conhecer melhor o uso e as vantagens do EPS Isopor® na construção civil, clique aqui e baixe nosso e-book gratuito!

Líder mundial na fabricação de EPS Isopor®, a Knauf oferece um portfólio de soluções específicas para o segmento da construção civil. Nossa equipe técnica está sempre preparada para responder qualquer dúvida e oferecer um atendimento personalizado. Entre em contato com nossos especialistas e solicite um orçamento!



Leia Também