Como escolher a densidade do EPS correta para a minha necessidade?

Como escolher a densidade do EPS correta para a minha necessidade?

Que utilizamos o EPS para diversas funcionalidades já não é segredo para ninguém. As soluções do material são conhecidas desde as simples caixas de EPS até para os setores automotivos, embalagens, construção civil, dentre tantos outros.

Independente de qual seja o segmento, quem utiliza os materiais em EPS sabe que é necessário um cuidado especial para definir a densidade correta, já que ela é alterada dependendo de qual a sua função.

Quanto maior for a densidade do produto, mais resistente ele é. Portanto, para o setor de construção civil, por exemplo, é necessário que o EPS seja de alta densidade para garantir que a obra seja resistente e obtenha todos os benefícios que o produto pode proporcionar.

Segundo uma entrevista realizada com Bruno Caetano, projetista e Marilene Bento, coordenadora de desenvolvimento da Knauf Isopor®, podemos afirmar que a densidade é o resultado da massa dividido pelo volume, utilizada para medir a quantidade de material contida em uma unidade de volume. “Como exemplo, podemos imaginar que, em um cubo de dimensões 1x1x1 metro, você tem volume de 1m³, se você encontrar o peso deste cubo de 20kg, dividindo massa 20kg por volume 1m³, você tem densidade de 20kg/m³”, explicam.

Um teste comum que é realizado para descobrir volume de um produto é por imersão. Ele é realizado em um aquário com uma quantidade de água maior que seu produto, então é possível calcular o volume de água do mesmo. Após essa fase, introduza o produto e, novamente calcule o volume de água com produto imerso, a diferença entre os números obtidos é considerada o volume exato do seu produto.

Então, dependendo de qual a funcionalidade determinada ao EPS, é necessário passar as informações corretas sobre a densidade para a fabricante do produto, uma vez que isso irá interferir no produto final. “É a densidade que dirá qual a dureza que um determinado produto possui, com aumento ou diminuição da densidade automaticamente é alterada a massa deste produto”, concluem.

Para melhor absorção do impacto, por exemplo, se faz necessário uma embalagem com baixa densidade para não transferir o impacto ao produto protegido. Já se a intenção for resistência, a indicação é aplicar a densidade mais alta.

Esteja atento com as densidades máximas utilizadas para o produto que você vai utilizar. Normalmente, o EPS tem dois segmentos, recortado e moldado. Para o recortado, é possível atendimento com mínima de densidade 10kg/m³ e máxima de 35kg/m³, já em relação ao moldado é possível de 16,5kg/m³ a 90kg/m³.

A Knauf Isopor® desenvolve os produtos de acordo com as normas técnicas de cada cliente. “Durante a expansão do EPS Isopor® que é determinado se a densidade será alta ou baixa. Sempre de acordo com normas de segurança que o cliente exige. Esses números são determinados por um processo de engenharia realizado dentro das empresas”, explica Flávia Ceron, técnica da Knauf Isopor®.



Leia Também