Saiba como ter um adequado acondicionamento para os pescados

Saiba como ter um adequado acondicionamento para os pescados

De acordo com a última pesquisa realizada pelo Ministério da Pesca e da Aquicultura, há mais de 1 milhão de pescadores ativos no país, que resultam em mais de 765 mil toneladas de pescado por ano. Os dados mostram uma atividade importante na renda familiar brasileira e que causam prejuízos se não houver um adequado acondicionamento para os pescados.

No entanto, esse já é um problema enfrentado, que resulta na perda de grande parte da produção. Ainda de acordo com a pesquisa, o mau acondicionamento representa cerca de 25% da perda no setor de pescados. Para evitar esse desperdício e prejuízo, os cuidados são essenciais em todas as etapas do processo.

Para isso, se faz necessário o uso de caixas de EPS, uma vez que o material atua como isolante térmico, além de ser higiênico e sustentável. “Para manter a qualidade do pescado, a temperatura é indispensável. O produto deve ser acondicionado dentro de caixas de EPS, com a temperatura dentro dos limites preconizados. Também deve ser adicionado gelo protegido com sacos plásticos, visando manter a temperatura até a chegada ao cliente”, explica Vanessa Pereira, supervisora de qualidade da Frescatto Company.

Para garantir a qualidade nos procedimentos, há avaliação em cada etapa; desde o armazenamento e manuseio até o acondicionamento do produto final. “Para isso, existem técnicos especializados, que realizam todos os controles, registros e orientação aos manipuladores, motoristas e ajudantes envolvidos, visando manter a qualidade dos produtos expedidos”, afirma Vanessa.

A Knauf Isopor® oferece caixas de EPS Isopor® específicas para a linha de pescados, atendendo a padrões, como dimensão, higiene, integridade e resistência, exigidos pela Garantia de Qualidade e pela Área Industrial do Frigorífico.

Cuidados no acondicionamento para os pescados

Há algumas recomendações para quem utiliza as caixas de EPS na hora do transporte, que são importantes para garantir a qualidade no acondicionamento para os pescados e evitar a perda do produto. Tais como:

• Manuseio das caixas secundárias com cuidado, sem jogar, bater, arremessar ou arrastar, de forma que a embalagem não seja danificada;

• As caixas de EPS com produtos frescos devem ser manuseadas com cuidado, sem virá-las para que o gelo não machuque os produtos e para manter a textura dos mesmos;

• Evitar caminhar, pisotear ou sentar-se sobre as caixas de EPS que carregam pescados em geral, bem como não bater, empurrar e arrumar os produtos com os pés.



Leia Também