Conheça as Boas Práticas do Transporte de Alimentos

A logística de alimentos é uma tarefa que requer muitos cuidados para garantir a conservação dos produtos, evitando gastos desnecessários, desperdícios e problemas de qualidade. Pode parecer uma tarefa complexa, mas, se você atender às normas e seguir as boas práticas do transporte de alimentos estabelecidas pela vigilância sanitária, não tem erro!

Alguns aspectos fazem toda a diferença para o deslocamento seguro de cada tipo de produto. É importante que seja levado em conta desde a embalagem até a temperatura do veículo, exemplo.

Os alimentos perecíveis são os que exigem maiores cuidados na hora de serem transportados. Segundo a ANVISA, são perecíveis os produtos instáveis à temperatura ambiente e que, por essa razão, tendem a estragar e contaminar outras mercadorias, ou até mesmo representar riscos ao consumidor final, como por exemplo os ovos, carnes, frutas e legumes.

A escolha do material para realizar o transporte também é outro ponto importante e deve sempre atender as normas e recomendações dos órgãos regulatórios.

A ANVISA é a autoridade responsável por fiscalizar e penalizar o descumprimento das boas práticas do transporte de alimentos. Entre as principais normas estabelecidas pelo órgão principal para a regulamentação de serviços do segmento alimentício, podemos destacar a RDC 216, que tem como objetivo aperfeiçoar o controle sanitário através de diferentes recomendações para os serviços de alimentação.

Transporte refrigerado de alimentos

Pensando nas boas práticas do transporte de alimentos, um dos maiores desafios é em relação aos produtos perecíveis, uma vez que são mais sensíveis e podem estragar rapidamente. É o caso dos alimentos refrigerados!

Para esses itens, é importante buscar embalagens que possuam isolamento térmico e sejam capazes de manter a temperatura exigida durante toda a rota. Garantir a conversação desse tipo de alimento no processo de deslocamento evita desperdício e/ou perda de qualidade, além de gerar economia para todos os envolvidos. A ANVISA também determina regras para os veículos utilizados nesse processo.

Alguns exemplos de alimentos que exigem esse grau de cuidado são: peixes, frutas, ovos, carnes, aves, legumes, frutos do mar, entre outros.

Para entender melhor todos os requisitos e cuidados necessários, confira nosso artigo exclusivo sobre como realizar o transporte refrigerado de alimentos!

Transporte de alimentos preparados

A ANVISA também determina algumas regras e boas práticas do transporte de alimentos preparados. Nesse caso, o objetivo principal é evitar a proliferação de microrganismo capazes de contaminar os produtos.

A vigilância sanitária ordena que os alimentos sejam transportados em uma embalagem totalmente vedada e etiquetada com o nome do alimento, a data do preparo e o prazo de validade. Se o trajeto for longo, é importante que o alimento esteja em uma caixa térmica apropriada.

Transporte de bebidas

Assim como os alimentos, as bebidas possuem condições de armazenamento e transporte para garantir melhor aproveitamento e evitar desperdícios.

Refrigerantes, cervejas, vinhos, água, entre outros tipos de bebida precisam de cuidados específicos em relação a sua posição, temperatura e até mesmo iluminação. Para se adequar, é importante verificar as características e exigências de cada item.

Em relação ao armazenamento, as caixas térmicas são muito utilizadas tanto para manter o condicionamento térmico das bebidas como para mantê-las na posição adequada durante todo o trajeto, minimizando os riscos de quebra e perdas de qualidade.

Especialista no desenvolvimento de embalagens térmicas para alimentos e bebidas, a Knauf Isopor® desenvolveu um produto exclusivo: uma colmeia de EPP específica para o transporte de vinhos. A colmeia é capaz de acomodar até 12 garrafas de tamanhos e formatos diferentes, protegendo-as contra impactos e mantendo as condições ideais de temperatura para esse tipo de bebida. Para saber mais sobre o transporte de vinhos, confira nosso artigo completo sobre o assunto!

Soluções da Knauf Isopor® para o transporte de alimentos

A Knauf Isopor® é líder mundial na fabricação de peças e embalagens de EPS Isopor®, material 98% composto de ar e apenas 2% de plástico. Com um portfólio vasto para os mais diversos segmentos, a Knauf desenvolve caixas térmicas focadas nos desafios do segmento alimentício e nas boas práticas do transporte de alimentos, garantindo proteção, resistência e versatilidade. As soluções da marca se dividem em duas linhas:

  • Linha Food

A Linha Food da Knauf engloba caixas e embalagens térmicas apropriadas para otimizar a logística de alimentos perecíveis e todos os tipos de bebida, mantendo a temperatura e as características exigidas para cada item. Ela é especialmente indicada para o transporte de frutas, verduras, legumes e alimentos preparados, refrigerados ou congelados.

Para garantir as caicas de EPS da linha food, acesse o nosso site agora mesmo!

  • Linha Fish

Já a Linha Fish foi desenvolvida exclusivamente para o transporte de peixes e frutos do mar, itens altamente sensíveis e que devem ser armazenados com máximo controle de temperatura, umidade e higiene.

Para saber mais sobre a linha Fish e garantir a sua para um transporte de pescados com seguraça e qualidade, acesso nossa página agora mesmo! Clique na imagem abaixo.

Compartilhar:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Assuntos

Mais lidos

Rolar para cima